quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Sul-africanos comem carnes de burro, búfalo e cabra sem saberem


Sem saberem, os sul-africanos estão a comer carne de burro, búfalo e cabra nos seus hambúrgueres, salsichas e em outros pratos preparados, de acordo com um estudo realizado pela Universidade de Stellenbosch.
Mais de dois terços dos produtos de carne testada na África do Sul continham ingredientes não declarados, de acordo com o estudo da universidade sul-africana.
Estes dados são divulgados na mesma altura em que ocorre um grande escândalo na Europa sobre a utilização da carne de cavalo.
"O nosso estudo confirma que a rotulagem inadequada das carnes processadas na África do Sul é comum e viola não apenas as regras de rotulagem da alimentação, mas também aspetos econômicos, religiosos, éticos e de impacto na saúde", disse o professor Louw Hoffman, da Universidade de Stellenbosch, num comunicado divulgado na página da internet da universidade.
"Carnes de espécies não convencionais de animais, como burros, cabras e búfalos, foram encontradas numa série de produtos", disse Hoffman.
Partindo de análises de ADN, descobriu-se que mais de 68% das 139 amostras de carne de supermercados e talhos continham ingredientes irregulares, com produtos de porco e frango muitas vezes substituídos por outros tipos de carne.

FONTE: JORNAL DE NOTÍCIAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário