terça-feira, 23 de abril de 2013

Estudantes africanos debatem e mostram cultura de seus países


Durante o 1º Alagoas Caiite um grupo de estudantes africanos fazem tranças, apresentam danças típicas e debatem suas experiências de intercâmbio no Brasil. Trata-se da 9ª edição da Semana de Cultura Africana da Universidade Federal de Alagoas.
As atividades tiveram início nessa segunda-feira, 22, com a mostra da história de oito países: Cabo Verde, Angola, Camarões, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissau, Moçambique, Congo e Nigéria. No estande, localizado na entrada do Centro de Convenções Ruth Cardoso, estão expostas roupas e outros utensílios da África.
No período da manhã, as meninas fazem tranças nos cabelos dos visitantes e no período da tarde, a partir das 14h, os estudantes dançam o Kuduro, Semba, Kizomba, Zuke, Fonana, Puita e Decale. O dia 26 encerra a semana com os estudantes participando da mesa-redonda “As relações de cooperação Brasil/África através do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G)”, dividida em dois momentos, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Um dos palestrantes será o ex-estudante e atual professor do Campus Arapiraca, Ismael Tchan, de Guiné-Bissau.asAtualmente cerca de 40 estudantes africanos estudam na Ufal.

FONTE: GELEDES

Nenhum comentário:

Postar um comentário