domingo, 10 de novembro de 2013

Nigéria vence o México mais uma vez e torna-se tetracampeã mundial sub-17

Depois de goleada por 6 a 1 na primeira rodada, africanos voltam a superar os atuais campeões e terminam invictos. Aguirre (contra), Iheanacho e Muhammed marcam.


Com uma campanha invicta, a Nigéria conquistou na tarde desta sexta-feira de forma brilhante o tetracampeonato (1985, 1993, 2007 e 2013) do Mundial sub-17, realizado nos Emirados Árabes. Os africanos, que já tinham vencido os mexicanos na estreia da competição por 6 a 1, voltaram a derrotá-los dessa vez na grande decisão, no estádio Mohammad Bin Zayed, em Abu Dhabi: 3 a 0. Os gols do jogo foram marcados por Aguirre (contra), Iheanacho e Muhammed. 
Maior vencedor na categoria, com um caneco a mais que o Brasil, o time nigeriano também conquistou o prêmio "Fair Play". O camisa 10 e um dos destaques da equipe, Kelechi Iheanacho foi considerado o melhor jogador e ganhou a bola de ouro. A Nigéria anotou 26 gols em sete partidas, com média de 3,71 por jogo. O brasileiro Nathan recebeu a bola de prata.
O famoso ex-atacante Nwankwo Kanu, campeão do Mundial sub-17 em 1993, estava na plateia em Abu Dhabi e celebrou a vitória da nova geração nigeriana.
comemoração Nigéria final Copa do Mundo sub-17 (Foto: Reuters)
Após eliminar o Brasil nas quartas e a Argentina na semifinal, o México, que era o atual campeão do torneio, chegou confiante para a decisão diante dos Nigerianos. Por outro lado, os africanos eram considerados favoritos e ainda tinham a lembrança da goleada diante o rival na primeira fase para aumentar esse posto.
Nigéria domina e comemora no final 
O jogo começou muito equilibrado, mas aos poucos os nigerianos conseguiram uma maior posse de bola. Assim, encontraram um gol logo aos onze minutos, após o zagueiro Aguirre tentar cortar um lançamento e jogar contra o próprio patrimônio. Assim como no primeiro duelo, os africanos se destacaram pelo forte poder de marcação e saída rápida ao ataque.
Musa Yahaya comemoração Nigéria final Copa do Mundo sub-17 (Foto: AP)Atletas vibram com primeiro gol na final (Foto: AP)
A Nigéria praticamente colou a mão na taça aos nove minutos do segundo tempo. Após um chute de longe, o goleiro mexicano Gudiño espalmou para o meio da área e colocou a bola no pé direito de Iheanacho, que só teve o trabalho de completar. Depois do lance, o México saiu para o ataque e tentou de qualquer forma se recuperar no confronto.
Com a nova tática, o time acabou ficando muito exposto ao adversário. Aos 31, a Nigéria ganhou uma falta na entrada da área. Muhammed foi para a cobrança e mandou no ângulo direito de Gudiño, que mesmo com 1,95 metros, não conseguiu alcançar a bola. O gol matou os mexicanos e garantiu o quarto título para a Nigéria, que comemorou bastante no apito final do árbitro.
Suécia vence a Argentina e fica com o bronze
Mais cedo, a Suécia, que participou da competição pela primeira vez, conquistou a terceira colocação ao golear a Argentina por 4 a 1. O grande destaque da partida foi o atacante Valmir Berisha, que marcou três vezes. Carlos Strandberg também fez o seu, e Compagnucci, aos 44 do segundo tempo, garantiu o de honra para os sul-americanos.
FONTE:http://globoesporte.globo.com/futebol/mundial-sub-17/noticia/2013/11/nigeria-vence-o-mexico-mais-uma-vez-e-torna-se-tetracampea-mundial-sub-17.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário