sábado, 8 de março de 2014

Joaquim Barbosa visita a África

Presidente do Supremo reúne-se com autoridades de três países africanos


O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, está na África desde sábado (1), onde participa de encontros para aprofundar as relações entre o judiciário brasileiro e os de Gana, Benim e Angola.
O ministro Barbosa também levou três cartas da presidente brasileira, Dilma Rousseff, para os presidentes dos países anfitriões, sobre as relações bilaterais entre o Brasil e cada uma das nações visitadas.

Ministro Barbosa durante audiência no STFFoto: Nelson Jr./SCO/STF
O presidente do STF está nesta quinta-feira (6) em Angola, para encontrar-se com representantes do judiciário angolano. Segundo a assessoria do STF, os países firmarão um acordo de cooperação técnica que permitirá a troca de experiências.
Nesta sexta-feira (7), Barbosa conversa com o presidente da Assembleia Nacional e com o Presidente de Angola, José Eduardo Santos. O ministro também irá a uma palestra no palácio da Justiça, em Luanda.
A visita da delegação brasileira começou em Gana. O ministro se encontrou com o presidente ganês, John Dramani Mahama e palestrou no Ghana Institute of Management and Public Administration (GIMPA).
Para o presidente Mahama, apesar de Gana ter uma forte tradição judicial, o país necessita aproveitar as experiências de outras nações. “O fortalecimento de todas as instituições, incluindo o sistema judicial, é fundamental para a democracia e Gana ainda trabalha duro para avançar mais”.
Os parceiros Brasil e Gana
Na última terça (4), o ministro Joaquim Barbosa e o vice-presidente da Suprema Corte de Gana, Justice William Atuguba, assinaram acordo para fortalecer os sistemas judiciários dos países.
Atuguba ressaltou que os laços de amizade entre Brasil e Gana são crescentes e que, em 2005, o então presidente Lula visitou Gana e assinou diversos acordos com o governo. Já Barbosa enalteceu as intenções dos dois países de consolidar e intensificar as ações destinadas a reforçar a cooperação entre o STF e o poder judiciário de Gana.
O ministro brasileiro destacou que é importante que os respectivos judiciários assegurem a troca efetiva de experiências em matéria de modernização e melhorias do sistema jurídico brasileiro e ganense.
Na quarta-feira (5), Barbosa reuniu-se com representantes do poder judiciário beninense na capital do país, Porto Novo. O presidente do STF encontrou-se com o presidente da Suprema Corte de Justiça, Ousamne Batoko, além de ter audiência com o presidente da Corte Constitucional, Théodore Holo, e com o ministro da Justiça de Benim, Djenontin-Agossou.
Visita cultural
A agenda de visitas de Barbosa inclui destinos culturais. No último domingo (2), ele visitou o mausoléu de Kwame Nkrumah, a Brazil House em James Town e a galeria de arte africana Artisan’s Alliance, em Gana. Neste sábado (8), o presidente do STF visitará o mausoléu Dr. Agostinho Neto e o Museu da Escravatura em Angola. Joaquim Barbosa retornará ao Brasil no domingo (9).

Redação brazilafrica, com informações de agências
http://brazilafrica.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário