sexta-feira, 27 de junho de 2014

A comunidade cabo-verdiana é a segunda mais representativa em Portugal


A comunidade cabo-verdiana é a segunda mais representativa em Portugal, com 42.401 pessoas, revela o Relatório de Imigração, Fronteiras e Asilo (RIFA) 2013. 


À frente dos crioulos, só mesmo a comunidade brasileira, com 92.120 indivíduos, aponta ainda o documento, divulgado esta segunda-feira, durante uma cerimónia que assinalou os 38 anos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Ainda assim, o RIFA salienta que se verificou no ano passado "uma redução da representatividade dos estrangeiros oriundos de países de língua portuguesa". Entre esses cidadãos que terão deixado Portugal em 2013, o Brasil lidera (23%), a seguir Cabo Verde (10,6%) e Angola (5%).

Segundo o mesmo estudo, esta quebra está relacionada com "a aquisição da nacionalidade portuguesa, a alteração de fluxos migratórios e o impacto da atual crise económica no mercado laboral".

Esta pesquisa dá conta que o número de novos títulos de residência emitidos diminuiu 13,7 % no país luso. O SEF destaca ainda que recebeu, no ano passado, 30.130 pedidos de nacionalidade portuguesa, mais 1,4% em relação a 2012. A maioria desses estrangeiros que querem ser portugueses provém do Brasil, Cabo Verde, Angola e Ucrânia.

As únicas comunidades estrangeiras que registaram um aumento do número de residentes em Portugal foram a chinesa (6,8%) totalizando 18.637 imigrantes e a guineense (0,5%) com 17.846 pessoas.

FONTE:https://www.facebook.com/photo.php?fbid=686539544714492&set=a.115848231783629.8060.113195842048868&type=1&theater

Nenhum comentário:

Postar um comentário