sábado, 14 de junho de 2014

Cabo-verdiano/Bolseiro através do Governo de CV destacado com o prémio de melhor estudante de Direito na Universidade Lusíada em STP

Ridelgil de Carvalho Tavares

O Ministério das Comunidades (MDC), enquanto entidade do Governo responsável pela elaboração das políticas que visam melhorar a vida dos emigrantes na diáspora, congratula-se com mais um caso de sucesso de cabo-verdiano, que através de iniciativas levadas a cabo pelo Governo de Cabo Verde, elevou o nome do nosso país, com a distinção de melhor aluno de um curso, numa universidade estrangeira.    
Estamos a falar de um Jovem estudante, Ridelgil Carvalho Tavares, filho de pais cabo-verdianos, residente em São Tomé e Príncipe (STP), que beneficiou de uma bolsa de estudos, financiado por um grupo de cabo-verdianos residentes na Suécia, através de uma campanha de solidariedade promovido pelo extinto Instituto das Comunidades (IC), hoje Ministério das Comunidades.
O recém-formado, Ridelgil Carvalho Tavares, foi distinguido, este ano, como sendo o melhor estudante de Direito na Universidade Lusíada, em STP, e com a maior média alcançada no referido curso naquela universidade. A distinção valeu-lhe vários prémios, entre os quais, uma bolsa de estudos para pós-graduação/mestrado na Universidade de Lisboa - Portugal, um computador portátil e ainda um montante em dinheiro.
A campanha, que teve início em 2008, visava sensibilizar os cabo-verdianos nos países com a nossa comunidade bem-sucedida, neste caso a Suécia, a fim de apadrinhar jovens descendentes de cabo-verdianos em STP com vontade de estudar mas que, devido a precaridade das condições que viviam, não lhes eram possível alcançar tais objetivos.
Assim, um grupo de cabo-verdianos residentes em Gotemburgo mobilizou-se com esta iniciativa e apadrinhou o jovem Ridelgil Carvalho Tavares, que sempre destacou nas escolas com bons resultados, com uma bolsa de licenciatura na Universidade Lusíada em São Tomé e Príncipe. 
As propinas eram transferidas semestralmente para o Consulado de Cabo Verde em STP e este era responsável para o pagamento da mesma junto da Universidade do Ridelgil Carvalho Tavares.
Hoje, o resultado obtido pelo estudante, destacado com a melhor média no curso de Direito naquela Universidade, deu uma grande satisfação aos padrinhos que já manifestaram a vontade de custear umas férias ao recém-licenciado, para se conhecerem pessoalmente. 

FONTE: http://www.mdc.gov.cv/index.php/arquivo/880-cabo-verdiano-bolseiro-atraves-do-governo-de-cv-destacado-com-o-premio-de-melhor-estudante-de-direito-na-universidade-lusiada-em-stp

Nenhum comentário:

Postar um comentário