sábado, 14 de junho de 2014

Nunca FIFA ganhou tanto Copa 2014

O ano passado, véspera da Copa do Mundo no Brasil, foi tão bom financeiramente para a FIFA que a instituição que comanda o futebol mundial prometeu “bônus extraordinários por sucesso” para seus membros associados e confederações. A FIFA contabilizou um superávit de US$ 72 milhões em 2013, elevando suas reservas para US$ 1,432 bilhão, disse Markus Kuttner, diretor financeiro da FIFA , a delegados reunidos no Congresso anual da entidade, nesta quarta-feira.
A FIFA prometeu pagamentos adicionais de US$ 250 mil para cada uma das 209 associações e de US$ 2,5 milhões para cada uma das seis confederações regionais.
“Se 2014 for como o planejado, e não temos nenhuma razão para duvidar que seja cada membro receberá US$ 500 mil e cada confederação receberá US$ 4,5 milhões”, disse Kuttner.
Ele afirmou que os pagamentos referentes a 2014 serão confirmados até o fim do ano e realizados no início de 2015, Kuttner também disse que o orçamento da FIFA para a Copa do Mundo de 2018, que será realizada na Rússia, será de US$ 2,153 bilhões. Cerca de US$ 91 milhões serão gastos nos Mundiais de Clubes de 2016, 2017 e 2018 e US$ 60 milhões na Copa do Mundo de futebol feminino, que será realizada no Canadá em 2015.
Questões operacionais consumirão até US$ 1,083 bilhão, quase metade desse total para recursos humanos, quase tudo para pagamento de pessoal.
“A perspectiva financeira para o período 2015-2018 é muito positiva”, disse Kuttner.
A FIFA acumulou uma enorme reserva de dinheiro na última década, graças em grande parte à assinatura de contratos de direitos de transmissão e patrocínios em torno da Copa do Mundo
O torneio deste ano, começa nesta quinta-feira em São Paulo, com a partida entre Brasil e Croácia, e, será a mais cara, a mais lucrativa, a que distribuirá maiores prêmios e a que mais teve ingressos pedidos (11 milhões requisitados para 3 milhões disponíveis).
A FIFA ganhará mais de US$ 4 bilhões com o evento máximo do futebol, ou mais de US$ 800 milhões acima do que ganhou com a Copa de 2010 na África do Sul.
A Copa no Brasil será a mais vista, superando os 530 milhões de espectadores que viram a final da Copa da África do Sul, também terá em campo os jogadores mais caros da história do futebol e a que distribuirá mais prêmios. Só para participar, as 32 seleções receberão da FIFA US$ 48 milhões para ajuda nos custos de preparação.
Pelo lado da cobertura jornalística, as redes de televisão pagaram um valor recorde à FIFA de cerca de US$ 1,7 bilhão, com mais de 14 mil jornalistas credenciados, mais um recorde.
FONTE: http://www.ultimasonline.com/index.php/esporte/11076-nunca-a-fifa-ganhou-tanto-copa-2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário