sábado, 21 de junho de 2014

O presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, vai representar Cabo Verde na cerimônia de posse do chefe de Estado eleito da Guiné-Bissau, José Mário Vaz (JOMAV)



O presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, vai representar Cabo Verde na cerimônia de posse do chefe de Estado eleito da Guiné-Bissau, José Mário Vaz (JOMAV), na cerimônia marcada para 23 de junho, em Bissau.

A confirmação foi dada esta quinta-feira pelo ministro das Relações Exteriores, Jorge Borges, numa entrevista à Rádio de Cabo Verde (RCV), a partir de Accra (Gana).

Afirmando que o Estado cabo-verdiano recebeu um convite das autoridades guineenses, Jorge Borges disse que o presidente da República será acompanhado nessa deslocação pelo ministro da Presidência do Conselho de Ministros e da Defesa Nacional, Jorge Tolentino.

Sobre a readmissão, no dia 18 de junho, da Guiné-Bissau como membro da União Africana (UA), o ministro lembrou que havia três países que estavam suspensos: a Guiné-Bissau, o Egito e a República Centro-Africana.

"Foram readmitidos a Guiné-Bissau e o Egito. A UA considerou que estes dois países restabeleceram a ordem constitucional depois da realização recentemente das eleições", declarou.

"Para Cabo Verde, como país irmão da Guiné-Bissau, é um momento de júbilo acolhê-la de novo no seio da nossa organização como um país democrático e preocupado com o desenvolvimento geral da sua população. É um momento de bastante satisfação para nós, bem como para os outros países que compõem os PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa)", sublinhou Jorge Borges.

FONTE: Embaixada de Cabo Verde em Lisboa

Nenhum comentário:

Postar um comentário