sábado, 14 de junho de 2014

OAB/PE formata Comissão de Defesa da Igualdade Racial e Proteção dos Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais (CDIR)

No final da tarde da última quarta-feira, 11/06/14, a OAB/PE realizou solenidade em seu auditório na sede da rua do Imperador, bairro do Santo Antônio, cidade do Recife, para instituir a Comissão de Defesa da Igualdade Racial e Proteção aos Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais (CDIR).


O mencionado evento foi coordenado pelo Presidente Dr. Pedro Reynaldo Alves, cuja mesa foi composta pela vice-presidente da ordem, Dra. Adriana Rocha Coutinho; o Presidente da CDIR, Dr. Edvaldo Ramos; a Procuradora do Ministério Público de PE (MPPE), Dra. Maria Bernadete Azevedo; o Juiz Federal da 1ª Vara, Dr. Roberto Wanderley; o Procurador Federal da República no estado de São Paulo, Dr. Walter Claudius Rothenburg e o coordenador estadual das comunidades Tradicionais, Antônio Mendes.
Ao iniciar o encontro o Presidente da OAB/PE destacou a missão institucional que é de promover os direitos humanos, defender o pernambucano mais vulnerável e as comunidades indígenas e quilombolas.         

A CDIR tem o dever legal de promover o combate à desigualdade racial e as políticas afirmativas e de inclusão social. A comissão é composta dos advogados Edvaldo Eustáquio Ramos (Presidente), Alcides Pereira de França (Vice-Presidente) e Antônio Teobaldo Aymar Pedrosa (Secretário), além dos membros Fábio Lins dos Santos Silva, Frederico Guilherme Rodrigues Lima, Luís Dimas Pontes Viana, Maria Bernadete Lopes da Silva e Cleber Fernandes dos Santos Chagas.

O Presidente da CDIR, Edvaldo Ramos, afirmou que pretende se aproximar das comunidades quilombolas e agradeceu ao Presidente da OAB pela nobre iniciativa de formatar a presente comissão.

Após a cerimônia de posse dos integrantes da CDIR, realizada no auditório da OAB/PE, o Procurador da República no estado de São Paulo, Walter Claudius Rothenburg, proferiu palestra. O mesmo afirmou que ele é favorável às ações afirmativas. O supracitado é autor de uma série de publicações e com atuação em várias vertentes do direito.


O Escritório de Assistência à Cidadania Africana em PE (EACAPE) foi representado pelo seu gestor Altino Soares Mulungu e o Assessor de Articulação Institucional, Roberto Sousa Cordeiro (Guiné-Bissau), representante da comunidade acadêmica africana em Recife.
Na oportunidade estavam em companhia dos ilustres amigos Raimundo Lázaro da Cruz, Edson Axé e Camila.

Altino Mulungu, Raimundo Lázaro,  Roberto Cordeiro, Camila e Edson Axé.   
                                                                                                 

No final do encontro Altino e Roberto foram convidados pelo Presidente da OAB/PE, Dr. Pedro Henrique Alves, para participar como membros da CDIR.

Roberto Cordeiro, Pedro Henrique e Altino Mulungu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário