sábado, 11 de outubro de 2014

Agenda Africana: "Os guineenses não conhecem os seus direitos"

É líder, é coordenador da Liga dos Direitos Humanos do sector autónomo de Bissau e é um rapper dedicado à defesa dos direitos básicos dos cidadãos guineenses

Edmar Nhaga - coordenador da Liga dos Direitos Humanos sector de Bissau.
Edmar Nhaga - coordenador da Liga dos Direitos Humanos sector de Bissau.

As pessoas precisam de ser educadas para que saibam que têm direito à justiça”, as declarações são do rapper guineense e participante da bolsa Yali, que falou com a Voz da América sobre o programa que o trouxe aos Estados Unidos e a outras centenas de jovens africanos para aprenderem mais sobre liderança e empreendedorismo.
Na Guiné-Bissau, boa parte das pessoas desconhece quaisquer direitos que tenha, pelo que o projecto de Edmar Nhaga é garantir que os guineenses sejam educados para que saibam que têm direito à justiça e que esta é gratuita.

Na Guiné-Bissau, boa parte das pessoas desconhece quaisquer direitos que tenha, pelo que o projecto de Edmar Nhaga é garantir que os guineenses sejam educados para que saibam que têm direito à justiça e que esta é gratuita.

Edmar foi um dos jovens que participou no programa Yali ou Mandela Washington Fellowship durante seis semanas, entre Julho e Agosto, e foi escolhido para um estágio de dois meses na capital americana.

Ainda a partir de Washington o também rapper iniciou contactos para que a missão de educar as pessoas no que toca aos seus direitos seja cumprida e por outro lado motivar e ser mentor dos próximos jovens guineenses que viajarão para os Estados Unidos em representação da Guiné Bissau no programa Mandela Washington Fellowship, criado pelo Presidente Barack Obama, direccionado a jovens líderes africanos de todo o continente.


As inscrições para o Mandela Washington Fellowship 2015 já estão abertas e encerram a 5 de Novembro.
Saiba mais detalhes sobre as candidaturas AQUI

FONTE: http://www.voaportugues.com/content/agenda-africana-guineenses-nao-conhecem-os-seus-direitos/2476800.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário