segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Africana refugiada é internada no Recife com dor de cabeça e febre

Mulher de 28 anos disse que chegou ao Brasil por engano - iria ao Canadá.
Ela está internada no Oswaldo Cruz; exame para malária deu negativo.



Uma mulher de origem africana deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá com sintomas de febre e dor de cabeça na quinta-feira (20). Ela foi transferida na mesma noite para o Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), em Santo Amaro, área central do Recife.

A Secretaria de Saúde de Pernambuco informou que está tomando as medidas cabíveis. "A gente vai fazer exames, mas o que nos preocupa é essa dor de cabeça que ela tem há tanto tempo. A gente vai investigar o porquê dessa dor de cabeça", disse Demétrios Montenegro, infectologista do Hospital Oswaldo Cruz. A mulher também foi submetida ao exame de malária, que deu negativo.

Ela afirmou que chegou ao Brasil no dia 3 de fevereiro, pelo Porto do Recife, mas por engano - havia viajado por quatro meses para chegar ao Canadá. A mulher de 28 anos é do Congo mas vivia em Uganda, na África. Ela teria chegado ao Brasil em um navio clandestino.

Já no Brasil, pediu refúgio ao governo e o pedido está sendo analisado, por isso não pode ser considerada imigrante ilegal. Uma Organização Não Governamental que dá apoio a refugiados já deu abrigo à paciente.



FONTE: http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2015/02/africana-refugiada-e-internada-no-recife-com-dor-de-cabeca-e-febre.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário