sábado, 7 de fevereiro de 2015

Relatório do primeiro encontro Acadêmico realizado pelo COMITÊ ACADÊMICO DOS ESTUDANTES GUINEENSES no Estado do Ceará-Brasil

Comitê Acadêmico dos Estudantes Guineenses no Estado do Ceará – Brasil

Comitê Acadêmico dos Estudantes Guineenses no Estado do Ceará – Brasil
Relatório nº 01
Comitê Acadêmico dos Estudantes Guineenses no Estado do Ceará – Brasil é uma organização meramente acadêmica, fundado por um grupo de Alunos, com o objetivo de criação de um espaço multidisciplinar e social, que visa sistematização e a produção do conhecimento científico que possa contribuir para o processo de formação científica dos alunos nas diversas áreas do conhecimento. Os seus objetivos especifico propõem estimular o pensamento e olhar crítico construtivo para os problemas culturais, sócias, econômicos e  políticos da Guiné-Bissau; despertar a vocação cientifica e incentivar novos talentos potenciais entre estudantes Guineense no estado do Ceará;  auxiliar os discentes na elaboração dos seus trabalhos Científicos de conclusão do curso e de inserção nos programas de pós-graduação.
No passado dia onze de janeiro de dois mil e quinze, o Comitê Acadêmico realizou o seu primeiro encontro acadêmico, no Salão Polivalente da Igreja nossa Senhora das Dores, Bairro Otávio Bonfim, na cidade de Fortaleza, capital do estado de Ceará.  O evento teve como tema: PRODUTIVISMO ACADÊMICO DOS ESTUDANTES GUINEENSES NO ESTADO DO CEARÁ. O encontro reuniu os alunos de diferentes níveis e ramos de formação, dentre Técnicos, Bacharelados-Licenciados e Mestres. Às quinze horas e trinta minutos, horário local deu-se inicio no programa das atividades, com a recepção dos convidados, às dezesseis horas, abertura solene, a composição de mesa dos convidados e a execução do Hino Nacional.
A mesa de honra foi composta por seguintes personalidades: Afonso Pereira mestre em Planejamento e Politicas Publicas, João Paulo Pinto Có Mestre em Antropologia Social, Coordenadora do Comitê Acadêmico Suzete Sabino Lopes Graduada em Turismo, Representante do movimento Pastoral Africano Alberto Imbunde Especializando em Arquitetura de redes e Computação em Nuvens, e Representante de Associação dos Estudantes Africanos no Estado do Ceará Gino Pereira, mestrando em Desenvolvimento e meio ambiente.
Após a execução do hino, deu se continuidades de programação com a intervenção da Coordenadora Suzete Lopes, na qualidade da Coordenadora, começou por saudar a mesma e a plateia e deu boas vindas a todos, não deixou de agradecer a todos que de alguma forma colaboraram para que esta iniciativa torne uma realidade, a Lopes falou sobre a origem, objetivos e o que se pode esperar do projeto do Comitê Acadêmico. Mestre Afonso Pereira começou por elogiar a ideia de criação desta organização, e afirmou que iniciativas como este deveriam ser prioridades na comunidade acadêmica do estado, para este Mestre, é preciso sensibilizar mais estudantes a aderirem e levar avante este projeto a fim de construir o senso crítico acadêmico e social. Mestre Pereira admitiu as dificuldades de realizar um trabalho acadêmico Científico relacionado à Guiné-Bissau, justificando a escassez das fontes. Para finalizar o Professor Mestre se disponibilizou a ajudar a quem dele precisar. Mestre João Paulo Pinto Có, agradeceu o convite e idealizadores do evento, engrandeceu a iniciativa por ser inédito no estado, e lamentou sobre a dispersão da comunidade, alegando que momentos como este deveriam ser de total abrangência, para este Antropólogo, as ideias de grande relevância sempre têm superado grandes barreiras, portanto o Comitê Acadêmico esta ocupando o seu lugar obvio na nossa comunidade.  Alberto Imbumde começou por saudar a mesa e agradeceu o convite, não deixou de elogiar Comitê Acadêmico e as suas atividades, Imbunde afirmou que a organização que ele representa vai apoiar integralmente os propósitos deste Comitê Acadêmico. Esta ideia precisa ser abraçada para ter mais êxito, lembrando que sem suporte das pessoas as ideias não valem, frisou. Gino pereira seguiu a mesma linha inicial de agradecimentos e elogios, destacou o esforço e o empenho dos membros da organização, afirmou que este evento é de grande proporção acadêmica e cientifica, é logico que todos os estudantes a par deste projeto sairão ganhando, portanto, acredita que isto é apenas o começo, porque a essência da academia é o produtivísmo acadêmico, que é exatamente objetivo deste Comitê acadêmico.
Com este interveniente fechou se a primeira parte de programação. Quando às dezessete horas assistiu se a primeira palestra com tema: A IMPORTANCIA DO TERCEIRO SETOR NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GUINEENSE, a mesma foi ministrada por Professor Mestre Mamadu Alfa Djau  Ms. Mamadu abordou o tema e interagiu com a plateia diretamente, explicitou o que é primeiro, segundo e terceiro setor, e os seus respectivos campos de atuação. Às dezessete horas e trinta minutos, a Enfermeira Francisca Marisa da Silva ministrou a segunda palestra com tema: PREVENÇÃO DE CÂNCER DE MAMA E A IMPORTÂNCIA DE AUTOEXAME NAS MULHERES. A Enfermeira não deixou duvidas sobre riscos e perigo de câncer mamaria, e alertou que apesar de riscos menores, mas os Homens não são isentos deste perigo. Às dezoito horas a Bacharel em Serviço Social Paula Sam Najute orou a terceira palestra anotada sob assunto: COMPROMISSO ENTRE CAPITAL E O TRABALHO NA FUNÇÃO PÚBLICA GUINEENSE. Esta profissional destacou fragilidades dos direitos trabalhistas na Guiné-Bissau, função de sindicalismo, direitos e deveres dos trabalhadores. Às dezoito horas e trinta minutos assistiu se a quarta e ultima palestra com o campo: A INFORMÁTICA E SUA IMPORTÂNCIA NO ENSINO BÁSICO E PROFISSIONAL NA GUINÉ-BISSAU. Este assunto foi conferido por cientista de Computação Professor Ildo Ramos Vieira, falou sobre cuidados na informática seu uso no dia a dia, nas Empresas e no Ensino. Com esta palestra fechou o programa do evento. Às 19 horas o Mestre de Cerimonia Cristiano Sanca agradeceu a presença de todos e anuncio o fim do evento.

Fortaleza-CE
15/01/15
Atentamente.
A Coordenação  
FONTE: http://www.gbissau.com/?p=12737 

Nenhum comentário:

Postar um comentário