sábado, 14 de março de 2015

MAIS DE 51 MIL ESTRANGEIROS CONSEGUEM VISTO DE TRABALHO EM 2014



Mais de 51 mil estrangeiros conseguiram vistos de trabalho no Brasil em 2014, informou o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) nesta terça-feira.
O número total de estrangeiros que vieram para o Brasil foi de 51.751 pessoas, autorizadas a trabalhar tanto pelo Ministério de Trabalho quanto pelo Conselho Nacional de Imigração (CNIg). Das mais de 47 mil autorizações emitidas pelo MTE, 2.839 foram de caráter permanente e 44.420 de caráter temporário. Já o CNIg emitiu mais de 4 mil autorizações.
Italianos, japoneses e portugueses foram os que mais conseguiram autorizações permanentes para trabalhar no Brasil. Já entre os vistos de trabalho temporários, a maioria foi para norte-americanos, seguidos por filipinos, britânicos e indianos. O principal destino desses estrangeiros foi São Paulo; depois, Rio de Janeiro, Ceará e Bahia.
LATINO-AMERICANOS E HAITIANOS SÃO MAIS DE 120 MIL.
Nesses dados não estão considerados os trabalhadores estrangeiros que conseguem vistos temporários ou permanentes de trabalho pelo Acordo Mercosul, também chamado de VistoMercosul (Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai), bem como, aqueles que têm a nacionalidade haitiana.
Em 2013, foi constada a presença de 120.056 trabalhadores estrangeiros latino-americanos e haitianos. Dessas nacionalidades em 2011, 79.578 imigrantes atuavam formalmente no País. Em 2012, esse montante totalizou 94.688. Especialistas estimam que em 2014 se ultrapassou os 150 mil estrangeiros originários dos países parte do Acordo Mercosul e do Haiti. Os haitianos cresceram de 814, em 2011, para 14.579 trabalhadores, em 2013.
Além dos haitianos, as outras nacionalidades que estiveram mais presentes no mercado de trabalho do Brasil entre 2011 e 2013 foram os bolivianos e os peruanos, com crescimento de 182,2%, também se destacaram os colombianos, com crescimento de 175,4%. Similares porcentagens se estima aconteceram em 2014 e, para 2015 a tendência será sempre similar, ou seja, maiores porcentagens desses trabalhadores. Nos últimos três anos, a América Latina passou a ser a principal emissora de trabalhadores imigrantes para o mercado de trabalho brasileiro.
OUTROS ESTRANGEIROS.
Nesses mais de 51 mil estrangeiros que conseguiram vistos de trabalho, não estão considerados, além de sul-americanos e haitianos, aqueles estrangeiros que vem trabalhar por períodos curtos. Esses foram em torno de 10 mil que vieram ao Brasil para trabalhar, por exemplo, na manutenção de equipamentos.
No último ano, também incrementaram o mercado formal brasileiro, imigrantes espanhóis e franceses (Europa); angolanos (África); mexicanos e cubanos (América Latina) além de paquistaneses e indianos (Ásia).
51_trabalho_001

FONTE: http://www.estrangeirosbrasil.com.br/2015/03/12/mais-de-51-mil-estrangeiros-conseguem-visto-de-trabalho-em-2014/

Nenhum comentário:

Postar um comentário