sábado, 16 de maio de 2015

Brasil celebra Dia da África com atividades culturais e debates políticos



O "Dia da África", celebrado no dia 25 de maio, será comemorado em várias cidades brasileiras. Em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belém, Redenção (Ceará) e Recife, diferentes entidades e instituições organizam atividades culturais, debates e conferências para festejar essa que é a data mais importante a unificar o continente.

A história do 25 de maio remete a 1963, quando chefes de estado e de governo de toda a África se reuniram em Adis Abeba, capital da Etiópia, para discutir a unificação de suas lutas pela independência do domínio colonial. Ali resolveram fundar a “Organização da Unidade Africana”, que mais tarde iria se transformar na “União Africana”, a instituição que reúne 54 dos 55 países do continente, com sede na mesma Adis Abeba.
Ao longo dos anos, a União Africana se consolidou como principal órgão de integração e articulação do desenvolvimento do continente. O dia 25 de maio passou então a ser comemorado no mundo inteiro como o "Dia da África".

O Conselho África do Instituto Lula irá comemorá-lo no dia 26 de maio, terça-feira, através de mais um debate da série "Conversas sobre África". Organizado em parceria com o Sindicato dos Bancários de São Paulo e o Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos, o evento contará com a honrosa presença do embaixador Celso Amorim, ex-ministro das Relações Exteriores do governo Lula e ex-ministro da Defesa do governo Dilma Rousseff.

Amorim falará sobre as relações Brasil-África. Estarão presentes embaixadores de países africanos, sindicalistas, professores, historiadores, estudantes e representantes de instituições que atuam no Brasil e na África. O debate será aberto ao público, mas será necessária uma inscrição prévia em função da limitação de espaço do auditório do Sindicato dos Bancários de São Paulo. Veja, no convite, como fazer sua inscrição; e, abaixo, os demais eventos a serem realizados pelo "Dia da África":
Também em São Paulo, mas no dia 25 de maio, a Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo vai comemorar a data com outro debate, entre Celso Marcondes, diretor para a África do Instituto Lula, Massar Sarr, da Associação Senegalesa de São Paulo, Rafael Pinto, do CONEN (Coordenação Nacional de Entidades Negras) e Suhayla Khalil, professora de Política e Relações Internacionais da Escola.

A FESPSP está situada à Rua General Jardim, 522. A entrada é aberta ao público e o evento começa às 19h30. Para mais informações acesse: https://www.facebook.com/events/462802023885539/

Ainda em São Paulo, o Museu Afro-Brasil vai inaugurar no dia 25 de maio a maior mostra de arte contemporânea africana já realizada no Brasil, com instalações, pinturas, vídeos, esculturas, moda e um encontro para discussões com os artistas, o projeto Africa Africans. Veja no site da Secretaria da Cultura de São Paulo:

Rio de Janeiro também não deixará a data passar em branco. O Centro de Ciências Jurídicas e Políticas da UNIRIO e o GRISUL (Grupo de Relações Internacionais e Sul Global) realizarão a VII Jornada de Ciência Política, que também contará com a presença do embaixador Celso Amorim na abertura. Conheça toda programação:http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/rio-de-janeiro-universidade-realizara-palestra-em-comemoracao-ao-dia-da-africa

No Recife, as comemorações, organizadas pela Universidade Federal de Pernambuco, irão se estender por quatro dias: 23, 25, 28 e 29 de maio. A UFPE fica na Avenida Moraes Rego, 1.235. Os pernambucanos vão comemorar com muita música, danças e debates. Tenha mais informações em https://www.facebook.com/events/658375850935132/

Na cidade de Redenção, no Ceará, a UNILAB, a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira, vai comemorar a data com uma extensa programação, que vai de 20 a 30 de maio. Exposição fotográfica, danças, jogos, poesia, debates, teatro e gastronomia fazem parte da ampla agenda cultural da universidade. Mais informações em: https://www.facebook.com/pages/Comemora%C3%A7%C3%A3o-Do-Dia-Da-%C3%81frica-25-De-Maio-De-2015/685866218207963?fref=ts

Em Belém, a comemoração acontecerá no dia 25 de maio, organizada pela Casa Brasil-África, da Universidade Federal do Pará. Será realizado o Festival de Gastronomia Africana e Caribenha e será exibida a animação" Kiriku e a Feiticeira". Veja mais informações emhttp://casaafricabrasil.blogspot.com.br/2015/05/convocacao-comemoracao-ao-dia.html

Na Bahia, em Salvador, o Grupo Olodum organiza no dia 17 de maio o evento “Década Internacional de Afrodescendentes – reconhecimento, justiça e desenvolvimento”, no Pelourinho, das 14 às 17 horas, com a Banda Mirim Olodum e convidados. O grupo cultural também organiza um debate para o dia 25 de maio.https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10152803670121850&set=gm.820751264661303&type=1&theater

Dia 24 de maio na Praça Tereza Batista às 19h o Bando de Teatro Olodum apresentara o espetáculo Áfricas. 

No dia 25 de maio às 19h no Museu Eugênio Teixeira Leal, Pelourinho, o Olodum também organiza um grande debate com a presença da mestra em Direito e Ciências Sociais pela Universidade de Nova York, Elisa Larkin Nascimento; do professor Ivair Augusto Alves, mestre em Ciência Política; de Zulu Araújo, presidente da Fundação Pedro Calmon; de Célia Sacramento, vice-prefeita de Salvador; do presidente do Ilê Aiyê, Antônio Carlos dos Santos, o  Vovô e da secretária da Secretaria da Mulher, Olivia Santana. 

FONTE: http://www.institutolula.org/brasil-celebra-dia-da-africa-com-atividades-culturais-e-debates-politicos

Nenhum comentário:

Postar um comentário