quinta-feira, 10 de setembro de 2015

São Paulo será a sede do VII Fórum Social Mundial das Migrações

Maior cidade da América do Sul e com uma história intimamente ligada às migrações, São Paulo foi confirmada como sede da sétima edição do Fórum Social Mundial das Migrações (WSFM, na sigla em inglês), que vai acontecer em 2016.
O anúncio foi feito neste domingo (06) durante reunião do Comitê Internacional do Foro Social Mundial de Migrações, que aconteceu no centro de São Paulo e reuniu representantes de organizações de 22 países.
VII Fórum Social Mundial das Migrações será em São Paulo, em 2016. Crédito: Divulgação
VII Fórum Social Mundial das Migrações será em São Paulo, em 2016.
Crédito: Divulgação
“O foro significa um reconhecimento à luta de muitos anos das forças sociais na cidade, sobretudo dos imigrantes que vão assumindo cada vez mais protagonismo. Acredito que os e as migrantes serão os principais atores deste processo”, opina Paulo Illes, coordenador de políticas para imigrantes da Prefeitura de São Paulo e integrante do comitê organizador do Fórum.
As datas e o local ainda serão definidos, mas o evento deve ocorrer em meados de 2016. O lema da nova edição será: “Migrantes: construyendo alternativas frente al desorden y la crisis global del capital” (Migrantes: construindo alternativas frente à desordem e à crise global do capital, em tradução livre do espanhol).
Reunião ratificou a escolha de São Paulo para sediar o Fórum. Crédito: Paulo Illes
Reunião ratificou a escolha de São Paulo para sediar o Fórum.
Crédito: Paulo Illes
“Condenamos de maneira enérgica a crítica e injusta situação pela qual atravessam milhões de migrantes que são forçados a se deslocar de seus locais de origem para escapar de guerras e crises econômicas, a incerteza de não terem um futuro para si próprios e suas famílias”, destaca o pronunciamento elaborado pela organização do Fórum.
O texto completo (em espanhol) pode ser lido no site do CDHIC.
Edições anteriores
Esta será a segunda vez do Fórum no Brasil. O país já tinha sido palco da primeira edição, em 2005, em Porto Alegre, que recebeu as primeiras edições do Fórum Social Mundial (2001).
As outras edições aconteceram em: Madri, Espanha, (2006 e 2008 ); Quito, Equador (2010); Manila, Filipinas (2012) e Joanesburgo, África do Sul (2014). A edição sul-africana do WSFM, inclusive, contou com cobertura do MigraMundo.
Apresentações culturais abriram o Fórum Social Mundial das Migrações, em Joanesburgo. Crédito: Rodrigo Borges Delfim
Apresentações culturais abriram o Fórum Social Mundial das Migrações, em Joanesburgo.
Crédito: Rodrigo Borges Delfim
O Fórum Social Mundial das Migrações (FSMM) é um dos processos temáticos decorrentes do Fórum Social Mundial (FSM). O FSM ocorreu, pela primeira vez, em Porto Alegre no ano de 2001, por iniciativa dos movimentos sociais, organizações não governamentais, sociedade civil, pastorais sociais e ativistas em defesa da vida. A partir da carta de princípios do FSM, os grupos ligados às migrações que integram a conferência passaram a organizar, de 2005 em diante, um fórum voltado especialmente para migrações.
FONTE: http://migramundo.com/2015/09/07/sao-paulo-sera-a-sede-do-vii-forum-social-mundial-das-migracoes/

Nenhum comentário:

Postar um comentário