sábado, 31 de outubro de 2015

Estudantes do PR tentam crowdfunding para livro-reportagem sobre migrante haitiano

Escrever um livro-reportagem é um exercício comum – e muitas vezes gratificante – de finalizar um curso de Jornalismo. Mas um grupo de cinco estudantes da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), em Curitiba, resolveu ir um pouco além para o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).
Em maio passado, Karla Fernandes, Kauanna Batista, Maria Fernanda Schneider, Rafaela Oliveira e Rogério Scarione conheceram o haitiano Raymond. E a partir dele resolveram falar dos demais migrantes do país caribenho que vivem na capital paranaense. Mas para fazer um trabalho que vá além da nota na universidade, o grupo lançou uma campanha de crowdfunding (financiamento coletivo) para viabilizar a ideia.
Karla Fernandes, Kauanna Batista, Maria Fernanda Schneider, Rafaela Oliveira e Rogério Scarione, da PUC-PR, lançam campanha para livro-reportagem sobre haitiano que vive no PR. Crédito: Divulgação
A meta, de R$ 12 mil, vai permitir a impressão e distribuição de 1.000 exemplares da obra, todos de forma gratuita. “Pensamos em apostar no financiamento coletivo para propagar a informação e assim colaborar na expansão do assunto para a sociedade, principalmente a curitibana e com isso ter o apoio das pessoas para com o projeto. Conseguir mostrar que muitos tem interesse sobre o assunto e apoiam causas que visam o bem comum e a diminuição do preconceito e xenofobia”, explica Kauanna Batista, organizadora da campanha e uma das integrantes do grupo.
Para apoiar a causa, batizada de “Vida de Imigrante” basta acessar o link abaixo. A campanha é do tipo “tudo ou nada” – ou seja, se a meta não for batida, o livro não terá produção em escala:
Kauanna conta que a falta de material sobre migração haitiana que valorize as manifestações culturais da comunidade foi o que motivou a escolha do tema para o TCC. “O objetivo com o livro-reportagem é abordar a identidade cultural dos imigrantes, contando recortes das histórias de alguns haitianos que residem na cidade. E também por ser um produto que preenche alguns vazios do jornalismo diário, por ser mais aprofundado e menos rígido, que não necessita seguir o padrão do lead, por exemplo”.
Assim como outros estudantes, o grupo encontra dificuldades para conciliar o projeto com outras atividades na universidade. Mas o potencial legado que o livro pode deixar ajuda a mover o projeto e quem está nele envolvido.
“Ele está sendo produzido em um momento importante em que a cidade está sendo transformada pelas manifestações do imigrantes que residem na cidade. Além de propiciar o debate e a reflexão sobre assuntos muito importantes como o preconceito e a xenofobia, e a proposta de trazer isso em um livro que apresentará recortes de histórias abordando as manifestações culturais desses imigrantes é algo que pode colaborar a quebrar uma estrutura de resistência dos dois lados. Dessa forma, estreitamos os laços entre curitibanos e haitianos”, completa Kauanna.
Instagram: @vidadeimigrante
Facebook: Vida de Imigrante

FONTE: http://migramundo.com/2015/10/28/estudantes-do-pr-tentam-crowdfunding-para-livro-reportagem-sobre-migrante-haitiano/

Nenhum comentário:

Postar um comentário