sábado, 24 de outubro de 2015

Parceria com o Google possibilitará o georreferenciamento de comunidades quilombolas

Imagem: Reprodução da FCP.

Nesta quinta-feira (22), a presidenta da Fundação Cultural Palmares Cida Abreu, se reuniu com o Diretor Executivo da Equipe de Conservação da Amazônia, Vasco M. Van Roosmalen. Trataram do protocolo de intensões para viabilizar um programa de georreferenciamento das 2.607 comunidades tradicionais quilombolas certificadas pela autarquia. A reunião também foi acompanhada por Juliana Dib Rezende, representando o Google Earth Solidário.
Segundo Cida Abreu, “esta parceria possibilitará o georreferenciamento das comunidades certificadas e suas manifestações culturais, além do desenvolvimento de um aplicativo, onde, a juventude será o novo resistente da transmissão oral quilombola” destacou.
O projeto foi iniciado em 2007; quando o cacique Almir Suruí, propôs para auxiliar a aldeia na proteção da floresta e divulgação da sua cultura. A parceria com a Kanindé, Associação de Defesa Etnoambiental, possibilitou o mapeamento do território do povo Paiter Suruí, em Rondônia, incidindo sobre a formulação de políticas públicas, incluindo a Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas.
Segundo Roosmalen, os impactos são o fortalecimento do potencial da gestão dos territórios dessas comunidades; a comunicação; a cultura e a geração de renda a partir da percepção do uso da ferramentas como o Google Earth pelos movimentos de Direitos Humanos e ambientalistas, na divulgação dos impactos socioambientais do desmatamento de áreas ameaçadas.
A Fundação Cultural Palmares, foi convidada a participar, de 7 a 11 de dezembro, de uma capacitação onde etnias indígenas e comunidades quilombolas receberão treinamento para o uso do aplicativo. O evento conta com o apoio da prefeitura de Porto Velho e do governo do estado de Rondônia.
FONTE: http://racismoambiental.net.br/2015/10/23/parceria-com-o-google-possibilitara-o-georreferenciamento-de-comunidades-quilombolas/

Nenhum comentário:

Postar um comentário