sábado, 12 de dezembro de 2015

Morador de rua passa em 1º lugar em concurso público em Minas Gerais

Valter Fonseca dos Santos passou 16 anos vivendo nas ruas e conquistou o cargo de coveiro na cidade de Patos de Minas

Patos de Minas morador de rua (Foto: Paulo Barbosa/G1)

O andarilho Valter Fonseca dos Santos, de 41 anos, morador de rua na cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais, foi aprovado em 1º lugar no concurso público da prefeitura do município para o cargo de coveiro. Mesmo após 16 anos vivendo nas ruas, Valter conseguiu alcançar o primeiro posto da seleção após fazer 26 pontos de 30 possíveis. Ele disputou com outras 21 pessoas as três vagas abertas no certame, e seu primeiro investimento será alugar uma casa.

Valter saiu de Ilhéus, na Bahia, em busca de uma vida melhor na cidade mineira, mas enfrentou dificuldades para conseguir emprego. O novo funcionário público chegou a trabalhar em uma lavoura de tomates, mas foi mandado embora logo que a safra acabou e sobrevivia fazendo “bicos” (serviços temporários). Para realizar seu sonho, estudou em bancos de praça e outros lugares durante quatro meses.

Durante o tempo em que morou nas ruas, Valter conheceu o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). A ideia de fazer o concurso surgiu por meio da diretora de proteção social especial da instituição, Maria Augusta de Lacerda Ferreira. Ela foi a grande incentivadora do novo coveiro, logo que o edital foi divulgado, em maio. 

O resultado da seleção foi divulgado na última terça-feira. Agora ele aguarda a convocação para assumir o cargo, que tem um salário de R$ 805,18, e benefícios como vale-alimentação, vale transporte e plano de saúde. 

FONTE: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/brasil/2015/12/11/interna_brasil,615618/morador-de-rua-passa-em-1-lugar-em-concurso-publico-em-minas-gerais.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário