sexta-feira, 24 de junho de 2016

VII Fórum Social Mundial das Migrações




O VII Fórum Social Mundial das Migrações vem chegando! Para participar faça a sua inscrição através do site: http://www.fsmm2016.org/index.php/pt-br/inscripcoes/inscricao-participante

Apesar de este ser o evento oficial do Fórum, pretendemos mais do que tudo que este seja um lugar em que os participantes ativos do VII Fórum Social Mundial das Migrações colocam as suas questões, divulgam suas atividades e centralizam informações para que todos estejam a par do que vai acontecer neste grande momento de reflexão e ação da cidade e dos migrantes. 

Dada a extensão da programação, este evento de facebook servirá como uma espécie de mapa em que cada movimento, organização, coletivo e participante ativo se auto-localiza.



Pedimos a todos os partipantes ativos do Fórum que usem livremente do espaço de discussão do evento para divulgar suas atividades.

Mais informações sobre o Fórum aqui: www.fsmm2016.org

O QUE É O VII FÓRUM SOCIAL MUNDIAL DAS MIGRAÇÕES?

Com o tema: “Migrantes construindo alternativas frente à desordem e a crise global do capital", o VII Fórum Social Mundial das Migrações será realizado em São Paulo do dia 7 a 10 de julho de 2016. O evento é um espaço aberto, plural, e diversificado, a fim de propor ações concretas para melhorar e discutir as condições migratórias da atualidade.

Não vinculado a partidos e governos, o fórum tem como objetivo o debate sobre os direitos dos migrantes, refugiados ou pessoas em busca de refúgio. É uma plataforma mundial para o diálogo aberto e democrático, a reflexão, formulação de propostas, troca de experiências e a articulação de planos de ação que envolve movimentos sociais, sindicatos, ONGs e outras organizações. Por isso, o fórum será também um lugar da resistência contra o momento de recrudescimento do fascismo e da xenofobia no Brasil, com consequências diretas na vida dos migrantes.

A capital paulista foi escolhida como sede por ser a primeira cidade da América Latina a criar políticas públicas específicas para migrantes e ser um dos principais eixos de migração no continente americano. O fórum está alicerçado a 6 eixos temáticos e contará com várias dezenas de atividades políticas e culturais que procurarão ser um caleidoscópio das migrações no mundo, na América Latina e em São Paulo.

O Fórum significa um reconhecimento à luta de muitos anos das forças sociais na cidade, sobretudo dos imigrantes que vão assumindo cada vez mais protagonismo. 

Os participantes também podem propor atividades para serem apresentadas nos dias do evento, tais como: palestras, seminários, minicursos, rodas de conversas, oficinas e outras formas de expressão sempre relacionadas aos eixos temáticos e ainda podem se inscrever para ser hóspedes solidários dos migrantes que acorreram ao fórum. 

A origem do fórum tem os antecedentes alicerçados em 2005, em Porto Alegre, com a primeira edição do evento. O encontro foi organizado por iniciativas de movimentos sociais, ONG's, sociedade civil, ativistas, acadêmicos, pastorais e outros grupos. Após os debates, emergiu a questão migratória. Nasce então o FSMM, que em 2016 será realizado na capital paulista. O fórum tem contabilizado cinco edições: Rivas-Vaciamadrid, Espanha (2006 e 2008), Quito, Equador (2010), Manila, Filipinas (2012) e Johannesburgo, África do Sul (2014). Neste ano a comissão organizadora espera em média 5000 mil pessoas, sendo 51% do público composto por imigrantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário