sábado, 10 de setembro de 2016

Seminário realiza o acolhimento dos novos estudantes brasileiros e estrangeiros da Unilab

IMG_3529

Com um auditório lotado, um público atento e cheio de expectativas foi realizado, nesta segunda e terça-feira, dias 5 e 6, o Seminário de Ambientação Acadêmica (Samba).
Destinado aos estudantes brasileiros e estrangeiros que ingressam na Unilab no período de 2016.1, o Samba, propicia um momento de informação e integração entre os estudantes das diferentes nacionalidades. Atualmente, a Unilab recebe estudantes de Cabo Verde, Angola, Guiné-Bissaú, São Tomé e Princípe, Moçambique, Timor Leste e Brasil.
Na abertura do evento, o reitor pro tempore da Unilab, Tomaz Mota Santos, saudou todos os estudantes que obtiveram o acesso ao ensino superior. “Sejam todos e todas muito bem-vindos. Desfrutem de todo o conhecimento e oportunidade que a universidade tem para lhes oferecer”.
Em seguida, o reitor fez uma rápida explanação sobre a história da criação da universidade no mundo. Lembrou que, deixando de lado a experiência educacional da Grécia antiga, a primeira universidade nasceu em 1190 na cidade de Bologna, Itália. E foi se espalhando pela Europa, em especial, Portugal (Coimbra), Alemanha e Espanha.
Logo, destacou o reitor, “a universidade foi uma experiência europeia que, no seu início, formava padre, advogados e médicos” e, acrescentou: “Por que estou fazendo esse histórico? Para lembrar a vocês (estudantes) que uma das coisas mais importantes da universidade é saber a origem das coisas, é pesquisar, é conhecer. O ambiente universitário é, por excelência, esse lugar onde se aprender a pensar e a questionar o mundo.”
IMG_3547IMG_3547
Reitor recebe homenagem de estudantes.
Outro momento importante e também muito esperado pelos estudantes foi a palestra sobre “Políticas estudantis e o Programa de Assistência ao Estudante (Paes)”, ministrada pelos os assistentes sociais da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (Propae). Desta forma, os presentes puderam conhecer de perto os objetivos e as ações desenvolvidas pelo Paes, como as regras normativas, a forma de inscrição e a documentação necessária, assim como suas modalidades de auxílio como: moradia, alimentação, transporte, instalação e emergencial.
“O ideal seria que tivéssemos mais tempo para fazer todos os esclarecimentos necessários aos estudantes que agora estão vivendo seu primeiro contato com a vida acadêmica. Mas iremos aproveitar ao máximo esses dois dias para alcançar nossos objetivos, que são de socializar as informações, esclarecer as dúvidas e acolher todos os estudantes que estão ingressando agora na Unilab”, explicou Bruno Lopes, gerente do Núcleo de Atendimento Social Ao Estudante (Nase).
No período da tarde, a programação foi retomada com a palestra “Procedimentos legais e a permanência do estudante estrangeiro no Brasil”, a cargo da Pró-Reitoria de Relações Institucionais (Proinst). Houve ainda duas rodas de conversa sobre experiências de estudantes veteranos.
Já na terça-feira, pela manhã ocorreram os círculos de chegadas e boas-vindas, com as psicólogas da Unilab, e a oficina de Orientação Profissional. À tarde as atividades debateram políticas, programas e ações afirmativas e de assistência estudantil. Participaram a professora Violeta Holanda, gerente do Núcleo de Políticas de Gênero e Sexualidades (NPGS/Unilab), e o professor Victor Macedo, que também é advogado e explanou sobre o Estatuto do Estrangeiro.
O estudante Jeraldino Antônio Sambé, da Guiné-Bissau, disse que os brasileiros são “um povo amável, que sabe acolher a cultura de outro povo” e declamou poema sobre o monumento da Negra Nua, em Redenção/CE, e a Unilab. Os estudantes Marinela Cordeiro, André Lopes e Baruma Caetano homenagearam o professor Carlos Subuhana, coordenador de Políticas Afirmativas, e o reitor pro tempore da Unilab, Tomaz Mota Santos.
O pró-reitor de Políticas Afirmativas e Estudantis, Alexandre Cunha, relembrou sua experiência como estudante fora do país e destacou: “tenham coragem e não desistam dos seus sonhos. A gente espera uma transição tranquila do Ensino Médio para o Superior. Estamos com vocês e vamos dar todo apoio”.
FONTE: http://www.unilab.edu.br/noticias/2016/09/06/seminario-realiza-o-acolhimento-dos-novos-estudantes-brasileiros-e-estrangeiros-da-unilab/

Nenhum comentário:

Postar um comentário