domingo, 4 de setembro de 2016

SOARES SAMBU, MINISTRO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS DA GUINÉ-BISSAU RECONHECE FALTA DE ASSISTÊNCIA DA COMUNIDADE INTERNACIONAL AO PAÍS



O ministro dos Negócios Estrangeiros reconheceu esta quinta-feira que o país carece de um acompanhamento e assistência da Comunidade Internacional que lhe permitia ultrapassar os desafios com que se depara.
Soares Sambu que falava durante a abertura da 2ª reunião dos cônsules honorários da Guiné-Bissau disse que, “como é do vosso conhecimento o nosso país carece de um acompanhamento e assistência da Comunidade Internacional afim de poder ultrapassar os desafios do desenvolvimento com que se depara”, ainda, acrescentou que “ Os Cônsules podem desempenhar um importante papel junto dos estados onde residem, isto é: na dinamização da cooperação, na divulgação das nossas potencialidades e oportunidades de negócios que a Guiné-Bissau pode oferecer”, justificou.
O governante disse que, os cônsules podem participar nas resoluções de diversos problemas de cariz social e outros assuntos importantes que afetam as nossas comunidades na diáspora.
Entretanto, o director-geral dos assuntos jurídicos do ministério dos negócios estrangeiros Alfredo Lopes sublinhou que um cônsul não tem dever de dar conselhos nos assuntos privados dos cidadãos. 
FONTEhttp://conosaba.blogspot.com.br/2016/09/soares-sambu-ministro-dos-negocios.html?spref=fb

Nenhum comentário:

Postar um comentário