sábado, 10 de setembro de 2016

UFRPE inaugura Escola de Música Naná Vasconcelos

A Coordenação de Comunicação, Arte e Cultura da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) tem a missão de desenvolver políticas culturais no âmbito universitário, proporcionando a construção de uma sociedade mais equânime e dotada de princípios éticos e sociais nas práticas acadêmicas. Ações dessa natureza representam o devido valor que a arte e a cultura exercem na constituição da identidade social.
A cultura no âmbito universitário tem o papel de proporcionar a interação entre discentes, os servidores de um modo geral e a comunidade externa, construindo uma nova universidade que se preocupa e se compromete com o fomento, de modo amplo e permanente, de políticas artístico-culturais, a exemplo da criação da ESCOLA de Música da Rural – Naná Vasconcelos”, que será inaugurada no dia 14 de setembro, às 15h, na Pró-Reitoria de Atividades de Extensão.. Segundo o coordenador, professor Natanael Duarte de Azevedo, “prestar essa homenagem a Naná Vasconcelos é resgatar o lado social do músico que muito contribuiu para a arte no mundo, mas principalmente por suas ações de inclusão social no Estado de Pernambuco”.
A “Escola de Música da Rural – Naná Vasconcelos” tem o compromisso com a cultura e a tradição (re)vivendo a música brasileira e regional, através de instrumentos de cordas, percussão e de sopro. Nossa principal ação é com a integração e socialização de crianças e adolescentes das comunidades do entorno da Universidade, regularmente matriculados no ensino básico, a fim de desenvolver habilidades musicais e proporcionar sua inserção numa sociedade inclusiva e equânime.
Para o coordenador, “atuar nas comunidades carentes do entorno se justifica pela criação de políticas públicas capazes de reduzir a violência social nas comunidades, por meio da ludicidade musical, proporcionando o interesse pela cultura e tradição regional. Por isso, nosso público-alvo se restringe a crianças e adolescentes em fase de formação, elevando sua autoestima, fazendo com que o indivíduo se sinta um cidadão com direitos e deveres na sociedade. Acreditamos que com ações culturais dessa natureza agiremos no processo de diminuição da violência dentro e fora de suas relações, tendo, influência positiva sobre a família e a sociedade”.
Tomar a arte como uma forma de expressão e de desenvolvimento cognitivo do indivíduo faz com que a música tenha um papel fundamental na socialização das pessoas, uma vez que através do acesso à cultura musical o sujeito cria laços sociais e afetivos. Além disso, o ensino de música proporciona a formação cultural das pessoas e o aprendizado de um modo geral, envolvendo o jovem com pesquisas diversas, como o conhecimento regional, artístico, da língua materna, da história etc.
FONTE: http://www.ufrpe.br/br/content/ufrpe-inaugura-escola-de-m%C3%BAsica-nan%C3%A1-vasconcelos

Nenhum comentário:

Postar um comentário