domingo, 18 de dezembro de 2016

DOUGLAS NASCIMENTO SANTANA, NATURAL DE IPIRÁ/BA, É O MAIS NOVO DIPLOMATA BRASILEIRO



Depois do escritor Eugênio Gomes, do jornalista Carlos Henrique, do cantor Raimundo Sodré, do jogador de futebol Freitas e do desembargador Carlos Cintra, mais um ipiraense ganha destaque em nível nacional.
O médico Douglas Nascimento Santana, de 34 anos, natural de Ipirá/BA, filho do casal Izael da Silva Santana e da senhora Normélia Nascimento Santana, tomará posse no cargo de Diplomata Brasileiro, nesta sexta-feira (16), no Itamaraty, em Brasília/DF. A solenidade contará com a presença de embaixadores, ministros de Estado e outras autoridades do governo federal.
O profissional diplomata atua no Ministério das Relações Exteriores do Brasil (MRE), também conhecido como Itamaraty, que é o órgão do Poder Executivo responsável pelo assessoramento do Presidente da República na formulação, no desempenho e no acompanhamento das relações do Brasil com outros países e com organismos internacionais.
A atuação do Itamaraty e dos diplomatas cobre as áreas política, comercial, econômica, financeira, cultural e consular das relações internacionais, áreas nas quais eles exercem as tarefas clássicas da diplomacia: representar os interesses brasileiros no exterior, informar o governo sobre o que ocorre em outros países e negociar acordos para o Brasil.
Quanto à sua estrutura, o Itamaraty conta com embaixadas e consulados em países estrangeiros e com representações em organismos internacionais, como a ONU e a Organização Mundial do Comércio. No Brasil, ele dispõe de sua sede, o Palácio do Itamaraty, do Instituto Rio Branco, que recruta e treina os diplomatas, ambos em Brasília, bem como de Escritórios de Representação em várias cidades brasileiras.
O ingresso na carreira de diplomata se dá mediante concurso público de âmbito nacional, organizado pelo Instituto Rio Branco, em parceria com o Cespe/Cebraspe, vinculado à Universidade de Brasília. O concurso para a Diplomacia é considerado o mais difícil do país, devido a grande quantidade de disciplinas técnicas que precisam ser dominadas (Economia, Política Internacional, Direito Internacional, História das Relações Internacionais, História do Brasil e Geografia) e da diversidade de línguas (Inglês, Francês e Espanhol, além do domínio do Português). O processo de preparação é duro, levando cerca de 3 a 5 anos de estudos diários, não sendo incomuns candidatos que somente conseguem a aprovação após 10 anos de estudos.
Esta é a primeira vez que um filho de Ipirá ocupará uma função da mais alta envergadura, o que ainda mais honrará o nome desta terra. Izael Santana que é empresário do ramo de farmácia em Ipirá, disse: “Este é um momento impar na minha vida e na da minha família, sendo eu filho de família carente e origem rural ter um filho ocupando esta importante função, sabendo que meu filho Douglas cruzará o Atlântico para defender os interesses do povo brasileiro em diferentes países e continentes do planeta. Esta não é uma conquista só minha e nem da minha família. É uma conquista de todo povo de Ipirá”, disse Izael.
Nos próximos 2 anos, Douglas trabalhará no Itamaraty, em Brasília, para em seguida mudar de residência para novos países a cada 2 ou 3 anos, sejam na Europa, na Ásia, na África, na Oceania ou nas Américas, onde quer que haja interesses brasileiros a serem defendidos. Douglas afirma que “essa opção de vida que envolve morar em vários países, ao contrário do que parece à primeira vista, na verdade fortalecerá ainda mais o meu vínculo com minhas origens sertanejas, com Ipirá, com meu Brasil, e a distância aumentará o meu afeto pelos meus familiares e amigos. E eu espero desempenhar bem as responsabilidades desta nova função, confiando no que dizia o escritor Euclides da Cunha, em Os Sertões, de que ‘o sertanejo é, antes de tudo, um forte’ “.
FONTE: http://www.caboronganoticias.com/douglas-nascimento-santana-natural-de-ipiraba-e-o-mais-novo-diplomata-brasileiro/

Nenhum comentário:

Postar um comentário